inspirado @ 16:45

Ter, 28/08/07

 " Há quem chore e sorria ao mesmo tempo. Há quem sorria e esconda por dentro as lágrimas. Há quem não queira demostrar sentimentos e apenas se afaste. Há quem simplesmente não queira viver.
Há que superar desgostos. Aproveitar felicidades. Ignorar confusões. Ou então, chorar pelos desgostos. Sim, chora até não poderes mais! Ignorar a felicidade. Deita tudo a perder e faz o que quiseres! Arranja confusão. Defende o que é teu e o que não é, até saires com um olho negro! Faz tudo ao contrario, faz tudo certo. O importante é, não te arrependas de nada!
Vive!
Fala. Sorri. Olha. Chora. Corre para o horizonte. Chega ao fim e grita. Salta obstáculos, até falhares um e caires no meio do chão. Aí pensas:
Sofrer para quê? Há que levantar e continuar.
Sê quem tu és, sê tu proprio. Não te moldes por alguém. Porque o que esse alguém faz pode não te favorecer.
É tudo relativo, já te disse. Fazes uma coisa certa, amanhã sofres com isso.
Nunca se sabe o que vai acontecer. Não te fixes numa coisa, pode valer a pena hoje, para a semana já não. Apenas segue o que sentes, e o que não sentes.
Porque se errares ninguém te pode julgar por isso. Nem mesmo tu!
Por isso,
há que aproveitar tudo o que a vida nos dá. Seja bom ou mau, não interessa, aproveita! Para chegares a velhinho e dizeres: Eu tive uma vida cheia! De emoções, desgostos, amores, felicidade. Tudo! Eu vivi!
O importante é não te arrependeres de nada. Sê Feliz! Vive! "
 
 


De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



Agosto 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9

12

19
23
25

26
27
31


Pesquisar
 
subscrever feeds
blogs SAPO