inspirado @ 11:46

Qui, 13/12/07

És tudo o que eu quero
És tudo o que eu precisei

Agora

Tudo volta para ti
A única
A única que precisei
Mais cor para a macha preta
Então eu canto esta canção para ti
Não há nada mais para fazer


Então eu canto esta canção para ti
E eu espero pela verdade
Deus nunca mostrou um caminho
As estrelas não seriam vendidas
O Paraíso roubou a luz do dia
E nunca nos disseram que era
Tão escuro o dia
Tanto para a vida, para a vida e o amor
E agora está acabado
As cores sempre se modificam
De brilhante a azul e preto

 




**** @ 12:26

Sab, 15/12/07

 

Tenho visitado o teu blog com bastante frequência e gostado do que vejo, leio e oiço, mas nunca sei o que comentar.
Kdo vi a música que postaste finalmente arranjei um pretexto para escrever... Ela é simplesmente fantástica e tem uma letra linda.
Kto ao "Não há mais nada a fazer" do poema respondo-te com ela: "Life can show no mercy / It can tear your soul apart (...) / Things have seem to changed / There's one thing that's still the same / In my heart you have remained". Quando tudo acaba ao menos é bom reter na memória as coisas boas. A saudade pode não ser suficiente, mas ficarmos obcecados pelas coisas tristes também não ajuda.

Beijos
Sophia

De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



Dezembro 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
11
12
14
15


25
26
27
28
29



Pesquisar
 
subscrever feeds
blogs SAPO