inspirado @ 21:40

Ter, 07/08/07

Desejo vender a minha alma;
Livrar-me das roupas que se tornaram na minha pele;
Ver o mentiroso que queima dentro de meu olhar.
Desejo ter escolhido escuridão em vez do frio.

Desejo ter gritado bem alto,
Para um lugar que eu não encontrei nenhum significado.

Acho que é tempo de correr pra muito, muito longe;

Encontrar abrigo na dor,
Ouvi o que eles dizem,
É mais do que palavras: é só chuva das minhas lágrimas 

Desejo andar pelas portas da minha mente;
Ter a memória na minha mão,
Desejo escolher entre o Céu e o Inferno.
Desejo salvar a minha alma.

Acho que é tempo de correr pra muito, muito longe;

Encontrar abrigo na dor,
Ouvi o que eles dizem,
É mais do que palavras: é só chuva das minhas lágrimas 






inspirado @ 16:38

Ter, 07/08/07

Eu seguro-me nos teus cabelos
10 metros acima do solo

Escuto o que dizes
Mas não consigo pronunciar um único som 

Dizes que já não precisas de mim

Mas queres o perdão
Cortas-me fora


Mas espera...

Já é tarde para desculpas, já é tarde
Eu disse que já é tarde para desculpas, já é tarde

Eu tive que agarrar outra opurtunidade

Caí na realidade
Quero outro amor


Amei-te como o sangue vermelho que agora torna-se azul
Desculpas-te como um anjo, mas o paraíso já não é o mesmo sem ti
E eu estou com medo

Já é tarde para desculpas, já é tarde
Eu disse que já é tarde para desculpas, já é tarde

 




Agosto 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9

12

19
23
25

26
27
31


Pesquisar
 
subscrever feeds
blogs SAPO