inspirado @ 12:28

Seg, 13/08/07

Aquele beijo eterno

Ainda não consegui parar de sentir
Acalma-me com ternura
Para não deixar de sentir 

Se me deixares tentar esta noite
Podes ver que eu estou caio
mais profundamente neste buraco vazio

Amor, voltei a sentir
mais e mais e mais uma vez sozinho.


Para não deixar de sentir 
Um toque um  movimento circular de dois corpos

Para não deixar de sentir 
Um click

Para não deixar de sentir

Para não deixar de a amar

 

Cada simples carícia

É poesia emocionante
Esta bola oca e destruída que seguras
É o meu coração que roubaste

 

Se me deixares tentar esta noite

Podes ver que eu estou caio
mais profundamente neste buraco vazio

Amor, voltei a sentir
mais e mais e mais uma vez sozinho.





dor @ 13:47

Seg, 13/08/07

 

não estás sozinho



inspirado @ 14:57

Seg, 13/08/07

 

mas afinal quem és tu?
podias identificar-te obrigado pelos comentários bonitos

dor @ 09:19

Ter, 14/08/07

 

ninguém

os comentários são o meu sentir

daí não precisa agradecer

porque são dados com a alma

e a alma não se vende nem se compra

estou a lê-lo sim

e gosto do que leio

porquê?!

"segredo meu"

Agosto 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9

12

19
23
25

26
27
31


Pesquisar
 
blogs SAPO