inspirado @ 12:28

Sex, 01/02/08

Foi assim... a lâmpada apagou
A vista estremeceu e um beijo então deu-se
E veio a ansiedade louca, incontida no amor
E depois daquele beijo então
Foi tanto querer bem que alguém diz a alguém


Meu bem, só meu, meu amor

Meu bem, só meu, meu amor
E que o nosso céu onde as estrelas cantam
De repente ficou mudo
Foi se o encanto de tudo


Quem sou eu
Quem és tu, quem somos nós

Foi assim
E só deus sabe quem
Deixou de querer bem
Não somos mais alguém
O meu nome é ninguém
E o seu nome também
Também ninguém




Caty @ 21:16

Sex, 01/02/08

 

olá!!!
Lindo poema, e com uma das minhas músicas preferidas! Beijinhos, bom fim-de-semana!

Fevereiro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

16

18
19
20

25
26
29


Pesquisar
 
blogs SAPO