inspirado @ 20:33

Qua, 09/01/08

Houve um tempo
Em que eu costumava pensar
Que o amor nunca se tornaria realidade


Deves ter vindo do paraíso
O teu amor é como uma estrela cadente 
Posso olhar, mas não tocar

Porque o nosso amor é de fora deste mundo
E trazes-me de volta à terra


Eu amo-te desde o primeiro dia
Eu serei o teu sol

E tu serás a minha lua
E quando estiver escuro eu prometo que verás a luz 
E apenas o tão longe que estaremos

É como o tão longe está Mercúrio de Plutão

Deves ter vindo do paraíso
O teu amor é como uma estrela cadente 
Posso olhar, mas não tocar

Eu amo-te desde o primeiro dia

Faz-me sentir só teu 
Não há vida em Marte, e Vénus não é um mar de amor
Para sempre, todo dia

Ouve o meu plano
Compreende
 Quero que me venhas completar,

No meu céu 
Onde as estrelas
Brilham em estado de felicidade

Porque o nosso amor é de fora deste mundo.

Porque o nosso amor é de fora deste mundo
E trazes-me de volta à terra



Janeiro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10

13
14
15
16

23
24
26

27
28
30


Pesquisar
 
blogs SAPO