inspirado @ 00:06

Ter, 18/12/07

Nunca suspirei por coisas tão tristes
Eu nunca carreguei o mundo em minha cabeça

Mas as palavras que eu costumava dizer
Não se ajustam mais ao nosso amor
Não passam de mágoas
Verás-me a desaparecer

 

E a minha vida será calma
Sem as pinturas tristes em minha casa
Nada,

Apenas felicidade.

Sem mais manhãs cheias de sorrisos
Sem suaves suspiros

Pois a forma como me trataste hoje 

Mostrou-me que nunca verei-te de novo
Estou aproveitando muito bem esta dor.

 

 



Dezembro 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
11
12
14
15


25
26
27
28
29



Pesquisar
 
blogs SAPO