inspirado @ 13:50

Seg, 17/12/07

No início eu tive medo, fiquei paralisado,
Continuava pensando que nunca conseguiria viver
Sem ti ao meu lado.
Mas então eu passei muitas noites
Pensando como tu me fazes mal,
E eu me fortaleci
E eu aprendi a lutar
E então estás de volta de outro lugar,
Eu acabei de entrar para te encontrar aqui
Com aquela aparência triste no teu rosto.


Sai agora por aquela porta
(Porque) não és mais bem-vinda nunca mais.
Não foste tu quem tentou

Magoar-me com o adeus?
Eu desintegrei-me em pedaços?
Pensaste que eu estava morto
Oh não, eu não. Eu vou sobreviver...
Enquanto eu souber como amar,
Eu sei que permanecerei vivo.
Eu tenho a minha vida toda para viver,
Eu tenho todo o meu amor todo para dar e
Eu vou sobreviver,
Eu vou sobreviver...

Foi preciso toda a força que eu tinha para não cair em pedaços,
Continuei tentando duramente remendar os fragmentos
Do meu coração partido,
E eu passei muitas noites
Simplesmente sentindo pena de mim mesmo.
Eu costumava chorar,
Mas agora eu mantenho a minha cabeça bem erguida.
Não sou aquela pessoa insignificante, acorrentado
Ainda apaixonado por ti...
E então tens vontade de fazer uma visita
E simplesmente esperas que eu esteja desimpedido...
Agora estou guardando todo o meu amor
Para alguém me ame de verdade.

Eu vou sobreviver,
Eu vou sobreviver...




Dezembro 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
11
12
14
15


25
26
27
28
29



Pesquisar
 
blogs SAPO