inspirado @ 11:46

Qui, 13/12/07

És tudo o que eu quero
És tudo o que eu precisei

Agora

Tudo volta para ti
A única
A única que precisei
Mais cor para a macha preta
Então eu canto esta canção para ti
Não há nada mais para fazer


Então eu canto esta canção para ti
E eu espero pela verdade
Deus nunca mostrou um caminho
As estrelas não seriam vendidas
O Paraíso roubou a luz do dia
E nunca nos disseram que era
Tão escuro o dia
Tanto para a vida, para a vida e o amor
E agora está acabado
As cores sempre se modificam
De brilhante a azul e preto

 




**** @ 12:26

Sab, 15/12/07

 

Tenho visitado o teu blog com bastante frequência e gostado do que vejo, leio e oiço, mas nunca sei o que comentar.
Kdo vi a música que postaste finalmente arranjei um pretexto para escrever... Ela é simplesmente fantástica e tem uma letra linda.
Kto ao "Não há mais nada a fazer" do poema respondo-te com ela: "Life can show no mercy / It can tear your soul apart (...) / Things have seem to changed / There's one thing that's still the same / In my heart you have remained". Quando tudo acaba ao menos é bom reter na memória as coisas boas. A saudade pode não ser suficiente, mas ficarmos obcecados pelas coisas tristes também não ajuda.

Beijos
Sophia


inspirado @ 17:12

Sab, 15/12/07

 

para mim qualquer simples palavra já uma grande dádiva para mim e a música é linda mesmo. Obrigado por te lembrares de mim. BEIJOS

Dezembro 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
11
12
14
15


25
26
27
28
29



Pesquisar
 
blogs SAPO