inspirado @ 21:51

Sab, 03/11/07

Sob o peso das tuas asas
És uma deusa e o que quero 
É saber se realmente
És assim tão bonita como aquilo em que quero acreditar
Na minha cabeça
A tua voz
Diz-me que tenho tudo o que precisso
E este faz-de-conta ajuda-me a suportar
Outra noite sozinho

Sob o peso das tuas asas
Devemos nos encontrar do outro lado do mundo
Eu vou fingir que eu não sei nada dos teus
Pensamentos

Na minha cabeça
A tua voz
Diz-me que tenho tudo o que precisso
E este faz-de-conta ajuda-me a suportar
Outra noite sozinho

Caio ao som do bater do meu coração
Melancólico e fresco, do tipo doce e amargo
Bate, bate, bate
Ecos de todas as tuas filosofias

Na minha cabeça
A tua voz
Diz-me que tenho tudo o que precisso
E este faz-de-conta ajuda-me a suportar
Outra noite sozinho

A tua voz
Diz-me que tenho tudo o que precisso
E este faz-de-conta ajuda-me a suportar
Outra noite sozinho

Sob o peso das tuas asas
Eu acredito que és tudo o que eu sempre precisarei

Tudo o que eu precisarei...


Novembro 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

14

18
19

27
28
29


Pesquisar
 
blogs SAPO